Zâmbia por Dentro


Zâmbia é um país interior (sem litoral) da África Austral, situado entre a República Democrática do Congo, ao norte e Zimbábue, ao sul. Localizado logo abaixo da linha do Equador, a maiorparte do país é um alto platô, o que lhe proporciona um clima moderado subtropical. Em Lusaka, a capital, a média de temperatura é de 16 graus centígrados no inverno, e 21 graus no verão.

Em 1855, o famoso missionário inglês, David Livingstone foi um dos primeiros ocidentais a viajar através do que é hoje o Zâmbia, e a descobrir a formidável cachoeira Victoria Falls, no curso do Rio Zambezi.

Desde 1870, cerca de meia dúzia de países europeus brigaram pelo controle da maior parte da África, à procura de recursos naturais. Como parte da "Luta pela África", a Companhia Inglesa Sul-Africana (BSA), em 1888, sob uma carta de proteção do governo britânico, transformou o que hoje é o Zâmbia, em uma nação protegida, a qual chamaram Rodésia do Norte. Zâmbia permaneceu sob o controle da BSA até 1923, quando o governo britânico assumiu o controle até conceder sua independência em 1964.

 
O país tem vastas campinas, salpicadas de árvores. Animais selvagens como leões, elefantes, rinocerontes e antílopes passeiam livremente pelos campos. É um país conhecido por ricos depósitos naturais, especialmente reservas de cobre. No fim da década de 1960, era o terceiro maior produtor de cobre do mundo. Infelizmente, sua dependência da exportação do cobre era tal que à medida que os preços caíram, em meados dos anos 70, a economia do país quase entrou em colapso. Zâmbia ainda depende do cobre para a maior parte do seu comércio externo.

Como a maioria dos países da África sub-Saara, o HIV-AIDS é endêmico ali. A malária e outras doenças fazem com que a expectativa de vida seja de apenas 38 anos. Segundo algumas fontes, mais da metade do país vive abaixo da linha de pobreza do Banco Mundial, ou seja, menos de um dólar por dia.

 
 
Fonte de pesquisa: Extraido do portal da adventist World em língua portuguesa, disponivel em http://portuguese.adventistworld.org/index.php?option=com_content&view=article&id=89 acesso em 27 de Maio de 2009 


Comentários