28 de julho de 1938: Morte de Lampião e Maria Bonita


Na madrugada do dia 28 de julho de 1938, Lampião e Maria Bonita foram pegos numa emboscada da polícia e mortos, junto com alguns cangaceiros do bando. As cabeças deles foram cortadas e exibidas por vários dias em diversas cidades da região como troféus. Apesar das acusações de roubos, saques e assassinatos, Lampião era percebido como o Robin Hood do sertão brasileiro, que roubava de fazendeiros, políticos e coronéis para dar aos pobres miseráveis, que passavam fome e lutavam para sustentar famílias com inúmeros filhos.

Comentários