Isabella, Perdoa-nos!


Isabella, Perdoa-nos!

Gente adulta pode ser má,muito má.
Você,Isabella,soube disso
de uma forma muito dura
Esganaram seu pescocinho.
Arremessaram seu corpo frágil
do sexto andar do seu apartamento.
Você deve ter sentido dores terríveis
Sofrido os piores minutos de pavor e agonia
Até que seus olhinhos,estatelados deixaram de ver este mundo
Isabella,pedimos o seu perdão porque nós,adultos,criamos leis que beneficiam criminosos
A lei brasileira presume a inocência de um assassino,mesmo diante de evidencias razoáveis de culpa
Porém,essa mesma lei não vê a inocência de uma criança
Adultos brasileiros,Isabelinha
têm o costume de ficar parados, assistindo às crianças morrerem
Com isso, no Brasil,dezesseis vítimas infantis
são assassinadas todos os dias.
E o povo brasileiro não faz nada!

Escrito por Evandro Pelarin–Juiz de Direito da Infância e Juventude de Fernandópolis–SP

Comentários