quinta-feira, 2 de julho de 2009

15 anos: a real idade do Real


Ola,
Quem não gosta de dinheiro?
Ontem fez exatos quinze anos do lançamento do Plano Real, com o objetivo de estabilizar a inflação, o plano se mostrou um sucesso, conseguindo estabilizar a inflação e aumentar o poder de compra dos brasileiros e principalmente maior mérito foi ter acabado com a bagunça na economia brasileira. Após diversos planos econômicos, tablitas, confiscos e outras fórmulas mirabolantes, o governo brasileiro finalmente conseguiu colocar em prática medidas capazes de debelar a hiperinflação.
O programa, elaborado pela equipe econômica do presidente Itamar Franco, teve início em 1993 e foi concluído em 1º de julho de 1994. Era nada menos que o sétimo plano em uma série de tentativas de organizar a economia brasileira, que à época era uma das únicas do mundo com inflação acima de 1.000%, junto com Rússia, Ucrânia e Zaire.

Para se precaver de um possível aumento da procura por papel-moeda, a direção do BC encomendou, discretamente, a impressão de 130 milhões de cédulas de 100 reais na véspera do lançamento da moeda no mercado, em 1º de julho de 1994, ter cédulas em estoque para colocar na praça foi uma estratégia preventiva, que tinha como base o insucesso de seis planos anteriores.

Nenhum comentário: