quinta-feira, 16 de julho de 2009

Burundi por Dentro

Ocenário da paisagem do Burundi foi ofuscado por mais de uma década de guerra civil e genocídio tribal. Pequeno em tamanho, o Burundi é um país equatoriano, sem litoral, no coração do centro-leste da África, na região dos Grandes Lagos, delimitado pelo Lago Tanganica, da República Democrática do Congo, Tanzânia e Ruanda. Terra de colinas onduladas e lagos profundos, o Burundi já foi um excelente destino turístico. No entanto, muitos hoje se preocupam mais com o Burundi de passado trágico do que com seu futuro promissor.

Vários reis tribais governaram o Burundi até 1899, quando o rei Mwezi IV concedeu à Alemanha a soberania da nação, que concordou em mantê-lo como monarca, num esforço para preservar certo grau de poder. No fim da I Guerra Mundial, a Alemanha perdeu para a Bélgica o domínio sobre o Burundi. A Bélgica o uniu com Ruanda, que já era uma colônia belga, criando Ruanda-Burundi.

Em 1959, o Burundi separou-se de Ruanda, independendo-se em 1963, embora só tenha sido possível realizar sua primeira eleição presidencial democrática, em 1993. Apenas cem dias após o início do mandato, o presidente foi morto, junto com o presidente de Ruanda, quando o avião em que viajavam foi atingido por tiros, sobre Kigali, Ruanda. Atribui-se a esse incidente o início da violência étnica generalizada entre as tribos de maioria hutu e minoria tutsi, tanto no Burundi como em Ruanda. Mais de 200 mil burundianos foram mortos e centenas de milhares tornaram-se refugiados.

Hoje, o Burundi é uma das nações mais pobres do mundo. Fomes periódicas devastam o país, pois a maior parte dos burundianos depende da agricultura para sobreviver. Apenas 50% das crianças vão à escola e estima-se que aproximadamente 15% dos adultos estão infectados com HIV/AIDS.   

 
Fonte de pesquisa: Extraido do portal da adventist World em língua portuguesa, disponivel em http://portuguese.adventistworld.org/index.php?option=com_content&view=article&id=355acesso em 15 de Julho de 2009 



Nenhum comentário: