Sugestão de Presente de Natal


Já pensou no que você vai dar para seu filho ou filha neste Natal?

Eu tenho uma sugestão, neste Natal de um livro de presente, seu filho vai gostar.

Dê livros que contem histórias divertidas e interessantes, que contenha ilustrações que o atraia.
O habito da leitura deve ser cultivado desde cedo nas crianças, para que estas crianças possam se tornar adultos leitores.

Para esse natal posso sugerir os livros; "Os medos de Lili" e "Casa de Papel", ambos da escritora Lilian Meneguci.



"Os medos de Lili" (ilustração de Gê Viana e Ligia Yamaguti): "Chamar os medos pelos nomes que eles têm é uma aventura que cresce com cada um de nós. Essa é a essência da narrativa deste livro. O público infantil, imediatamente, se reconhece com ele. Os adultos, contudo, também não resistem. Isso porque medo todo mundo tem", disse Lilian.



"Casa de Papel" (capa de Gê Viana e ilustrações de Gustavo Machado): é a tentativa de habitar poeticamente o mundo. São 20 poemas ilustrados. Com isso, autora, ilustrador e leitores seguem brincando e reinventando múltiplos papéis. "As palavras, as ilustrações, as sonoridades, disse a autora, são resultados das primeiras curiosidades, brincadeiras e invenções de cada um de nós. Cada um é convidado a ser construtor da sua própria forma de habitar a Casa de Papel. Vida que se renova!"




Quem é Lilian Meneguci: Sou Lilian, que significa Lírio. Capixaba da gema. Torcedora do Flamengo. Amante de pizzas. Gosto de pipoca com queijo e filme de aventura. Adoro tomar banho de chuva, no palco e fora dele. Ainda sinto o cheiro dos bolinhos com canela e biscoitos feitos pela vó Maria. Tomar sorvete no inverno está entre minhas delícias preferidas, mas não dispenso uma boa xícara de café com leite e pão quente com manteiga (em qualquer estação). Amo as letras, mesmo antes de ter aprendido a ler e a escrever. Sinto cócegas com risos largos e gargalhadas gordas. Azul, minha cor preferida. Borboletas, inspiração. O mar, ensinamento. A vida, exemplo de criatividade. Crio meus universos por meio das palavras, sempre com pitadas de diferenças e diversidade. Gosto de coisas simples, assim como as complexas.

Comentários