Pequim cria um ninho de pássaro

AP

O Estádio Olímpico, mais conhecido como Ninho de Pássaro, é a principal sede da Olimpíada de Pequim. O local será o palco das cerimônias de abertura e encerramento da competição, além de receber provas de atletismo e jogos de futebol.

Com previsão inicial para ser entregue em dezembro de 2007, o local foi inaugurado em 18 de abril de 2008 com a realização de uma prova de marcha atlética, que teve a sua chegada no Ninho do Pássaro. Dois dias depois, foi a vez de o local ver o término de uma maratona. A obra durou aproximadamente três anos e meio.

O projeto do estádio foi escolhido em um concurso feito pela prefeitura de Pequim e pelos organizadores dos Jogos com arquitetos do mundo todo. O grupo formado pela escritório suíço Herzog & De Meuron, pelos britânicos Arup Sport e pelos chineses China Architeture Design & Research Group saiu vencedor, por apresentar um desenho com uma "perfeita combinação de elegância e simplicidade", segundo os organizadores.


Em Pequim, o Estádio Olímpico tem um design inovador, com o formato de um ninho de pássaro. À noite, recebe uma iluminação vermelha que é refletida em um espelho d'água ao seu redor.

Durante as Olimpíadas, o Ninho de Pássaro vai receber 91 mil pessoas ao mesmo tempo. Depois dos Jogos, a capacidade do estádio, que possui até um shopping center, cairá para 80 mil pessoas.

A construção, entretanto, está envolvida em polêmica. O custo da obra estourou o orçamento, atingindo cerca de US$ 500 milhões. Além disso, ao menos seis operários morreram em acidentes no canteiro de obras.
 
Bocog/Divulgação


Fonte de pesquisa: Extarido do portal UOL Olimpiadas 2008 Guia da China, disponivel em <http://olimpiadas.uol.com.br/2008/guia/locais-de-competicao/estadio-olimpico-ninho-do-passaro.jhtm>, acesso em 20 de agosto de 2008

Comentários