segunda-feira, 23 de março de 2009

As Filipinas por Dentro

Visitada em 1521 pelo explorador português Fernando Magalhães e colonizada pela Espanha, as Filipinas levaram o nome de Filipe II, então rei da Espanha, embora, por séculos, tenha sido conhecida pelo nome de outros visitantes vindos da China, Índia e Arábia. As Filipinas são um conglomerado de 7.100 ilhas ao largo da costa sudeste da Ásia, entre o Mar do Sul da China e o Oceano Pacífico. As ilhas, na sua maioria, são montanhosas, com estreitas planícies costeiras.
 
Esse arquipélago permaneceu como colônia da Espanha até 1898, quando passou a ser território dos Estados Unidos, como resultado da guerra hispano-americana. Após séculos sob domínio estrangeiro, as Filipinas tornaram-se Estado democrático em 1935. Solicitou-se ao presidente eleito, Manuel Quezon, que preparasse o país para a independência durante um período de dez anos de transição. Mas as ilhas foram invadidas pelo Japão em 1941 e, durante a Segunda Guerra Mundial, as forças aliadas, unidas às Filipinas, lutaram para reconquistar o controle.
 
Os filipinos, finalmente, conquistaram a independência em 1946.
 
 
 
 
Fonte de pesquisa: Extraido do portal da adventist World em língua portuguesa, disponivel em <http://portuguese.adventistworld.org/article.php?id=517> acesso em 23 de março de 2009 

Nenhum comentário: